Melhores Runs

O rum é uma bebida histórica, conhecida como a favorita dos piratas, com seu sabor forte e marcante. Hoje é cada vez mais popular em bares e baladas, afinal, o rum é uma bebida versátil, serve como base para diversos drinks e coquetéis. 

Apesar de ser uma bebida antiga, existente desde os tempos de explorações marítimas, lá por volta de 1500… Hoje a bebida ainda é uma das mais servidas e não pode faltar em um bom bar, isso se dá pelo fato de servir como mistura para coquetéis e drinks, que estão bastante em alta.

Drinks como Mojito, Cuba Libre, Daiquiri, El Presidente, Piña Colada e até bebidas quentes, como Hot Buttered Rum são alguns dos clássicos coquetéis que têm como base o rum.

O rum é um destilado, primo da cachaça brasileira, pois também leva cana-de-açúcar na composição. Mas o rum é envelhecido, o que promove variedade de sabores e tons de aromas, pode trazer toques adocicados de caramelo, sabor suave ou notas amadeiradas e especiarias.

Conheça em nosso artigo quais são os melhores runs, a origem da bebida e todas as informações que um bom apreciador de bebidas alcoólicas deve conhecer para escolher e degustar os melhores runs.

Melhores Runs de 2024

Origem do Rum

Qual-o-melhor-rum

A origem do rum não é bem definida, mas as principais informações remetem ao Caribe, mais precisamente à Ilha de Barbados, na região caribenha, que considera o rum como um patrimônio nacional do país.

Porém, há indagações de que a bebida tenha começado a ser produzida muito antes, na região peninsular do Sul da Ásia, por isso, afirmar a origem do destilado é difícil. 

De qualquer forma, na América, a produção do rum estaria relacionada à chegada das colônias britânicas no Caribe no século XV, que teriam iniciado a plantação da cana-de-açúcar na região caribenha, o que levou logo a produção da bebida, sendo popularizada por volta do século XVII.

O rum, inicialmente, já foi utilizado como medicamento para tratar enfermidades e foi usado até em exorcismos, sendo chamado, antigamente, de kill devil

O nome rum veio depois, como derivado de expressões como rumbullion ou rumbustion, que eram utilizadas para definir os efeitos da embriaguez. Por outro lado, rum também pode ser uma derivação da palavra latina saccharum, que é açúcar, remetendo assim a matéria-prima da bebida.

Rum como moeda de troca por escravos

Por muito tempo o rum também serviu como moeda de troca, principalmente a partir do século XVII, quando ficou mais popular. Nesta época as relações comerciais entre América do Norte, Sul e Central, influenciaram a popularização.

Parte das colônias britânicas produziam melaço do açúcar e outra parte faziam a fermentação do rum. Após feito, o rum era trocado por escravos, vendidos por 86 litros de rum, logo os escravos eram revendidos para parte da América do Sul e Central.

O que tem a ver o Rum com os Piratas?

Quem nunca viu uma garrafa de rum ao lado de um pirata no cinema? O mais conhecido deles é o Jack Sparrow, do filme Piratas do Caribe, com sua fiel garrafa de rum sempre na mão.

Mas a história vai além dos filmes, pois o rum se tornou popular em uma época de explorações marítimas, sendo até mesmo muito consumido pelos militares da Marinha Real Britânica. 

O motivo de que a bebida teria se popularizado nas expedições marítimas, era a facilidade de conservação, já que, ao contrário da cerveja, o rum pode ficar tempos em barris, sem que venha a sofrer alteração negativa no sabor.

Voltando aos piratas, o favoritismo não seria diferente, uma bebida fácil de conseguir, afinal, servia como moeda de troca. Além disso, era muita vezes misturada com água para render mais e servir como “gás” para as batalhas em mar. 

Como o rum é produzido

Producao-e-fabricacao-do-rum

O rum é um bebida destilada a partir da cana-de-açúcar, o processo minucioso, como a escolha dos ingredientes, leveduras, processo de destilação e envelhecimento é que compõem a qualidade da bebida. 

Conheça agora como é feito o rum:

Ingredientes para produção

O rum leva como ingredientes cana-de-açúcar, água filtrada e fermento (levedura saccharomyces). 

O cuidado com cada ingrediente é fundamental, desde o cultivo e colheita da cana. A colheita da cana-de-açúcar é feita anualmente, hoje com processo mecanizado, e segue os padrões de plantio muito parecidos com o Brasil.

Outros aspectos, como a qualidade da água, que deve ter o pH ideal para a produção da bebida, por isso, prefere-se água desmineralizada. Além disso, a levedura utilizada é produzida em um processo longo e complexo.

Preparo do Melaço (mel de cana)

A cana é  triturada e prensada, extraindo assim um caldo, que será fervido. Esse caldo é o melaço, diferente do suco fresco da cana, o melaço é bem mais concentrado em açúcar, ele será o ingrediente principal da fermentação.

Fermentação

Após ter obtido o melaço, mistura-se a água e as leveduras, que serão usadas para converter o açúcar em álcool. 

As leveduras são um tipo de fungo que consomem o açúcar, isso leva à fermentação, processo em que são liberados álcool etílico e gás carbônico (CO2).

A fermentação pode variar devido alguns aspectos, como: temperatura, cepa de fungos utilizados no processo e técnicas envolvidas na fermentação. O processo pode ser rápido ou lento, resultando em sabores diferentes. 

O processo de fermentação rápido dura cerca de 2 a 4 dias, sendo acrescidas leveduras com ação mais rápida. O resultado são runs mais leves, em tom claro e teor alcoólico de 7%, aproximadamente.

Já no processo longo, as leveduras são acrescidas pouco a pouco, ou com um tipo de fungo que trabalha mais lentamente. A fermentação pode durar até 20 dias, resultando em um rum pouco mais escuro, forte, com sabor mais acentuado.

Além disso, em runs com a fermentação mais longa é possível aproveitar o “dunder”, que é uma espuma que se forma na fermentação. Esta espuma pode ser removida e usada para a produção de melaço, em uma nova fabricação de rum, algo comum nos runs feitos na Jamaica. 

Destilação

A etapa da destilação é que trará a porcentagem alcoólica ideal e refinamento da bebida, permitindo assim que a bebida seja própria para o consumo. O rum é destilado, no mínimo, duas vezes.

O processo de destilação do rum é feito em um tipo de alambique, onde é fervido a uma temperatura de 78°C. Assim o álcool evapora e é transportado para condensadora, onde volta a ficar líquido.

O mesmo processo é repetido, já que a primeira etapa ainda não é o suficiente para tirar as impurezas que o líquido fermentado possui. 

Além disso, se a fermentação for curta ou longa, há alguns diferenciais na destilação, sendo necessário equipamentos ideais para cada um, respeitando o sabor e aroma que se deseja no final.

Porção dos anjos: uma curiosidade na destilação da bebida é que, devido ao clima quente das regiões de produção (países de clima tropical), normalmente, perde-se cerca de 10% do álcool na destilação, efeito conhecido como a porção dos anjos.

Envelhecimento

Tradicionalmente, o rum é envelhecido por, no mínimo, 3 anos em barris de carvalho, esse é o toque que dará sabor, aroma e tonalidade à bebida. 

O processo de envelhecimento varia muito conforme o resultado que se deseja no final. Os runs mais claros e suaves costumam ficar em barris de carvalho novos, cerca de 3 a 5 anos.

Também é comum usar barris diferentes do carvalho convencional, como os barris de aço inox, que não influenciam na cor da bebida. 

Já os mais escuros, podem ficar de 3 a 15 anos, em barris queimados ou reaproveitados da produção de whisky, atingindo tonalidades e sabores mais intensos.

Mas, existem produções que levam menos anos de envelhecimento, alguns até 2 anos e outros mais ousados, com envelhecimento de 8 meses, que é o que acontece em algumas produções do México.

Processo de engarrafamento

Após a finalização do envelhecimento, o rum é engarrafado, mas ainda pode levar algumas misturas, como ingredientes que intensificam o sabor e aroma.

Também pode haver acréscimo de álcool, que serve para ajustar a porcentagem alcoólica final.

O Rum é um tipo de cachaça?

Algo que se ouve muito falar é a semelhança entre rum e cachaça. Já que ambos levam a cana-de-açúcar como ingrediente base para fermentação e são destilados. 

Então, o que os diferencia? Para começar, a produção do rum se dá a partir do melaço (que é um tipo de caldo fervido, também chamado de mel de cana), enquanto a cachaça leva o suco fresco da cana-de-açúcar. 

Outros aspectos como envelhecimento, que é uma obrigatoriedade do rum, não é um requisito da cachaça, embora também possa vir a envelhecer, conforme o tipo que se deseja. 

O percentual alcoólico também costuma variar, enquanto o rum chega a valores mais amplos, entre 35% a mais de 60%. Já a cachaça brasileira, seguindo a legislação do país, possui de 38% a 48% de teor alcoólico.

Variedades de Rum

Tipos-de-rum

Existem muitas variedades de rum, embora os mais conhecidos sejam o Rum Branco ou Rum Negro, que são assim caracterízados pelo tipo de envelhecimento.

Mas, conforme o seu tipo de produção, cada bebida pode trazer uma característica diferente. 

Veja os principais tipos de runs:

Branco

Os runs brancos são todos aqueles que passam por um processo de envelhecimento mais curto, geralmente de dois anos, sem ganhar a tonalidade escura. 

São apreciados pela suavidade e versatilidade, já que os sabores são mais amenos, combinam bem com drinks e coquetéis.

Dourado/Ouro

Também são ótimos para drinks e misturas, já que o sabor não é tão acentuado. Esse tipo de rum possui uma coloração âmbar e sabor um pouco mais intenso. 

A tonalização é mais dourada pelo processo de envelhecimento que pode ser mais longo que 3 anos, ou então pela filtragem, que é menos refinada ou não é realizada. Outro fator é o acréscimo de caramelo e corantes que exaltam a cor.

Negro/Escuro

Assim são conhecidos os runs envelhecidos por mais tempo em barris, o sabor é mais forte, intenso e amadeirado, com bastante presença do melaço. São também conhecidos como runs encorpados.

 A cor se caracteriza devido aos aspectos dos barris e acréscimo de caramelo, que é comum neste tipo de rum.

Com Especiarias

Os runs com especiarias, ou aromáticos, como também são conhecidos, levam na composição ingredientes extras, como frutas, ervas e condimentos. 

Os sabores variam muito, como laranja, abacaxi, frutas vermelhas, baunilha, canela, noz-moscada, maçã, coco e muito mais. 

Estes tipos de runs podem variar na tonalidade branca ou escura, conforme o tipo de envelhecimento e especiarias misturadas.

Premium

A versão de melhor qualidade de runs, leva esse título a bebida que é feita com ingredientes e métodos de alto padrão. Geralmente são runs envelhecidos entre 5 a 50 anos, e são ótimos para degustá-los puros.

Os runs “premium” geralmente trazem sabores mais complexos e encorpados, devido ao tipo de barril que foi envelhecido, podendo trazer notas especiais, como chocolate, café e baunilha.

Overproof Rum

Outra variedade de rum é conhecida como Overproof, para esta categoria, como o nome sugere, é preciso maneirar na dose, pois são runs com teor alcoólico bem mais alto, com valores que podem chegar a 60%.

Tipo de Rum por países

Além da classificação tradicional de tipos de runs, é possível classificá-los de acordo com o país de fabricação, incorporando aspectos próprios de produção, aromatização, envelhecimento e teor alcoólico.

Veja os runs mais conhecidos, de acordo com a região de produção:

Rum de Barbados

Barbados é o país oficial do rum, localizado nas Ilhas Caribenhas. A características dos seus runs, além da tradicionalidade, é a qualidade de produção, resultando em um rum leve de sabor acentuado.

Runs encorpados

São mais escuros e trazem sabores e aromas mais marcantes. Bebidas com essas características são comuns da Jamaica, Martinica e também da região de Barbados.

Rum aromático de arroz vermelho

Rum de produção comum da Indonésia, além de Países Baixos e Suécia. a característica é o sabor mais complexo e característico, devido ao acréscimo de bagos de arroz vermelho.

Rum da armada

São assim conhecidos os runs produzidos nos países de Guiana, Trinidad e Tobago. Caracterizados pela consistência mais encorpada e sabor acentuado.

Rum cubano

Bastante apreciados, são runs leves, com teor alcoólico que fica entre 40%. No sabor são intensos e encorpados.

Rum da Jamaica

A Jamaica é conhecida pela produção de runs mais fortes, um dos motivos é o uso da espuma da fermentação com melaço. 

Também passam muitos anos sendo envelhecidos em barris de carvalho, processo que é realizado, grande parte, na Inglaterra. Além disso, são runs com alto teor de concentração alcoólica.

Rum de Porto Rico

Porto Rico produz runs para o mundo todo e são bem apreciados, o motivo disso é um rum mais leve e com alta qualidade na produção.

Rum da Martinica

O rum produzido na Ilha caribenha de Martinica é um pouco mais suave e similar a cachaça brasileira, isso porque, ao invés do melaço, leva o suco de cana na composição.

Como servir e tomar Rum

Como-tomar-rum

O rum é uma das bebidas mais versáteis, pode-se fazer drinks, beber puro, inventar receitas e até usar para cozinhar alimentos. São por esses motivos que hoje o rum é tão popular.

Conheça agora as mais diversas formas de apreciar essa bebida:

Degustando o rum puro

Tomar o rum puro permite sentir com mais clareza suas notas de sabor e aroma. Como rum é uma bebida intensa, nem sempre é assim apreciada, mas, se você quiser tentar, saiba como fazer:

Prefira um rum de boa fabricação, de preferência envelhecido por tempo mais longo, para assim aproveitar sabores mais complexos.

Não existe uma temperatura adequada, mas em dias frios, fica bem beber em temperatura ambiente. Sirva em copo baixo e aqueça com as mãos, beba em goles lentos.

Já em dias mais quentes, pode servir com uma ou duas pedras de gelo. Também pode deixar o gelo derreter e assim terá uma bebida mais diluída, suavizando o sabor do álcool.

Drinks e coquetéis

Hoje, como sabemos, a forma favorita de apreciar a bebida é em drinks. Para isso, você pode soltar a criatividade, e nós selecionamos os drinks mais clássicos para você conhecer e saber como aproveitar o seu rum. 

Dica para fazer drinks com rum: Prefira os runs brancos ou claros, que são mais suaves, interferindo menos no sabor do drink, o que possibilita maior variedade de combinações.

Veja dicas de drinks para fazer:

Mojito

Essa bebida é clássica de Cuba e leva os seguintes ingredientes:

  • 60ml de rum 
  • 20ml de suco de limão
  • 20ml de água com gás 
  • 1 ramo de hortelã 
  • Cubos de gelo
  • Açúcar a gosto

Como fazer: Misture em um copo longo todos os ingredientes, exceto a hortelã, esta deve ser bem amassada, exalando assim seu aroma, coloque-a por último no copo e sirva.

Cuba Libre

Ingredientes:

  • 60ml de rum
  • suco de 1 limão
  • 150ml de Coca-cola
  • Cubos de gelo

Com fazer: em um copo longo, misture o refrigerante e suco de limão, acrescente o rum aos poucos, finalize com gelo e decore o copo com rodelas de limão.

Mai Tai

O Mai Tai é um coquetel um pouco mais complexo e utiliza dois tipos de rum, branco e escuro. Veja a receita:

  • 40ml de rum branco
  • 20ml de rum escuro
  • 15 ml de licor de laranja
  • 15 ml de xarope de amêndoas 
  • 10ml de suco de limão
  • Gelo triturado

Como fazer: Agite todos os ingredientes em uma coqueteleira, depois passe por uma peneira, decore com folhas de hortelã e sirva.

Daiquiri

um drink clássico dos anos 40, que está bastante popular atualmente e é bem simples de fazer, existem muitas variações deste mesmo drink, mas separamos a mais fácil:

  • 70ml de rum
  • Suco de meio limão
  • Açúcar a gosto
  • Gelo em cubos

Como fazer: Coloque todos os ingredientes em uma coqueteleira, agite bem e sirva.

Outras receitas e dicas para você fazer em casa com rum

O rum é uma bebida bem versátil, como já vimos, você pode misturá-lo com quase tudo, frutas, doces, sobremesas e outras bebidas. Veja outras combinações com rum:

Batidas com frutas e leite condensado

É possível fazer batidas com leite condensado, creme de leite e frutas, como morangos e outras frutas vermelhas. Também vai muito bem em batidas de coco, abacaxi e limão. 

Receitas quentes com rum

Para aproveitar o friozinho, nada como um chocolate quente, e que tal acrescentar rum? Use leite condensado, creme de leite, leite, chocolate em pó, chocolate meio amargo e rum, fica uma delícia. 

Outra bebida quente conhecida com rum é o Hot Buttered Rum, que é um chocolate quente com rum e menta.

Também é possível fazer café, capuccino e outras bebidas quentes com essa bebida, aproveitando sabores e aromas muito diferenciados.

Sobremesas

Já vimos que o rum vai bem com doces e chocolates, afinal é a bebida é feita da cana-de-açúcar e possui uma doçura natural, por isso, nada melhor que apreciá-la em uma boa sobremesa. 

Aqui é só usar a criatividade, pois é possível usar em vários tipos de cremes, sendo usado em sobremesas como, sorvetes de uvas passas ao rum, brigadeiro de ovomaltine e rum, carpaccio de morango, banana caramelada com rum, petit gateau e bombons.

Teor Alcoólico do Rum

Como já vimos, o processo de destilação do rum pode deixar a bebida com valores de teor alcoólico entre 35 e 70% ou mais. Contudo, em linhas gerais, encontramos por aqui runs com um média de 35% de volume alcoólico.

Vale lembrar que no Brasil a legislação permite a comercialização de bebidas até 54%, por isso, dificilmente veremos aqui runs muito mais fortes na concentração de álcool.

Quais os melhores runs de 2024?

Bacardi, Rum Carta Blanca, 980 ml
  • APERFEIÇOADO AO MÁXIMO. O rum Bacardi Carta Blanca foi introduzido por Don Facundo Bacardí, após ter terminado de aperfeiçoar a sua cartela de runs.
  • SABOR FLORAL E SUAVE. O Bacardi Carta Blanca oferece um sabor suave e frutado, com notas de flor de laranjeira e lavanda.
  • SABOR SUBLIME PARA COQUETÉIS. Um rum feito para composições harmônicas, destacando seu sabor único, mas sem dominar os outros sabores presentes em um coquetel.
  • FILTRADO ATÉ A PERFEIÇÃO. O Bacardi Carta Blanca é envelhecido em tonéis de carvalho selecionados, resultando em uma suavidade singular.
  • AROMA FRUTADO. Descubra aromas únicos que complementam sua degustação, contando com notas de damasco, lima, coco e banana.
Oferta
Montilla Rum Carta Branca 1L
  • Pernod Ricard Brasil
  • Rum
  • Vem com 1 Litro
Bacardi, Rum Carta Oro, 980 ml
  • CONCEBIDO PARA A EXCELÊNCIA. O Bacardi Carta Oro recebe sua cor e sabor característicos através de sua concepção em tonéis de carvalho selecionados.
  • O SABOR DE UM DIA ENSOLARADO. Suas notas são ricas e relaxantes, contando com a presença de baunilha, caramelo amanteigado, amêndoa torrada e banana doce.
  • SINTA UM AROMA REFRESCANTE. Notas amanteigadas e de nozes definem o aroma característico do rum Bacardi Carta Oro.
  • EXPANDA AS POSSIBILIDADES. Aproveite todas as possibilidades com a versatilidade do rum Bacardi Carta Oro, criando e dando mais profundidade a coquetéis inéditos ou clássicos.
  • RUM ESSENCIAL PARA O DRINK IDEAL. A criação de uma autêntica e verdadeiramente saborosa Cuba Libre exige Bacardi Carta Oro. Descubra um novo mundo de sabores ao experimentar essa composição.
Rum Havana Club 3 Anos 750Ml
  • Rum ideal para curtir bons momentos
  • Vem com 750ml
  • Produto na categoria de destilados – rum
  • Proibido para menores de 18 anos
  • Conteúdo alcoólico (alc/vol): 40.0 percent_by_volume
Montilla Rum Ouro 1000 Ml
  • Pernod ricard brasil
  • Rum
  • Vem com 1 litro
Rum Malibu Sabor Coco – 750 ml
  • Pernod ricard brasil
  • Rum caribenho
  • Vem com 750ml
RUM SOMBRIO 750ML – BULLHOF
  • Destilado alcoólico de melaço de cana. Redestilado em alambique de cobre do tipo pot still.
  • Notas de olfato e paladar: De cor âmbar claro, o nosso rum tem aroma leve, delicado e muito elegante. Oferece notas de baunilha, algo amadeirado, mas suave e com baunilha e especiarias ao fundo.
  • Estamos falando de um rum muito especial e trabalhado harmonicamente em barricas de carvalho.
Oferta
Zacapa, Rum, Centenario 23, 750 ml (Pacote de 1)
  • Para os especialistas, o melhor rum do mundo. Para os admiradores, uma bebida valiosa que mistura técnica, cuidado e paixão. Para atingir seu sabor, Zacapa utiliza somente o mel virgem, suco extraído do primeiro prensado da cana-de-açúcar. Produzido nas terras altas da Guatemala, a 2.300 metros da superfície, ganha seu caráter único através de técnicas de envelhecimento desenvolvidas há mais de 500 anos na Espanha. É hoje o mais premiado rum pela International Rum Festival Competition.
  • Rum Guatemalteca Solera Gran Reserva 23 anos Zacapa Centenário Garrafa 750ml
Oferta
Bacardi, Rum 8 anos Reserva Ocho, 750 ml
  • ENVELHECIDO POR 8 ANOS. O rum Bacardi Reserva Ocho passa por um extenso processo de envelhecimento, que o faz liberar sabores intensos em seu clássico tom dourado.
  • PARA PALADARES AGUÇADOS. Seu paladar complexo é composto por notas de baunilha amadeirada e botânicos, conferindo ainda mais intensidade ao sabor do rum.
  • AROMA INCOMPARÁVEL. Se surpreenda com notas sutis e únicas no aroma, como as de damasco seco e folha de banana.
  • CONSUMA COMO PREFERIR. Rum ideal para consumir puro, com gelo ou em releitura de clássicos da coqueteleria.
  • EXPERIENCIE A EXCLUSIVIDADE. O rum Bacardi Reserva Ocho proporciona um gosto inédito, inspirado por receitas exclusivas da família Bacardi.
Rum Angostura White Oak 1000 Ml
  • Contém 1 litro
  • Angostura é um dos mais conceituados produtores de rum do caribe e líder mundial na produção de bitters
  • Filtrado duas vezes para garantir sua pureza e textura macia
  • Aparência: Claro e cristalino
  • Aroma: Apresenta notas de tosta e um toque cítrico

Conclusão

O Rum é uma bebida que, apesar da aparente simplicidade, traz uma grande riqueza cultural, além de sabores aprimorados, resultado dos séculos de produção, que agregaram experiência e novas técnicas no modo de fazer e envelhecer a bebida.

Agora você já conhece cada detalhe sobre a bebida caribenha e como apreciar com criatividade, considere um Rum de boa qualidade, com um bom envelhecimento e alto padrão de produção.